Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

Notícias

Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020 08:15

Corregedoria abre processos de demissão de policiais acusados de atirar em mulher em Sorriso

A Corregedoria-Geral da Polícia Militar abriu dois procedimentos para apurar as condutas de dois policiais acusados de agredir um homem e atirar em uma mulher, no último sábado (18), no bairro São Domingos, em Sorriso. Os dois, ambos de 30 anos, foram presos em flagrante no mesmo dia.

Segundo a assessoria, os processos foram embasados em novas informações e imagens de câmeras de segurança da região, que registraram o momento das agressões e dos disparos. “Diante da gravidade dos fatos, os procedimentos a serem instaurados deverão ser de natureza demissória fins avaliarem a permanência de ambos nas fileiras da Instituição”, informou a assessoria.

Ainda de acordo com a nota encaminhada à imprensa nesta segunda-feira, os dois policiais estavam de folga. “A Corregedoria reforça que a prisão em flagrante dos dois soldados assim como apreensão da arma usada foram efetuadas pela Polícia Militar em ação coordenada pelo comandante da unidade local, assim como a entrega deles na Delegacia de Polícia Civil para que pudessem ser autuados em flagrante delito de crime comum”.

Conforme Só Notícias já informou, a Primeira Vara Criminal de Sorriso converteu em preventiva (tempo indeterminado) a prisão dos dois soldados. O major Inácio da Polícia Militar, disse, hoje, que “criminalmente está sendo apurado pelo inquérito policial conduzido pela Polícia Civil a conduta delitiva, se houve ou não, e administrativamente também será apurado no âmbito institucional. A Polícia Civil ratificou a prisão em flagrante, foi feita comunicação ao Ministério Público, Poder Judiciário e será feita a apuração criminal deles”.

Consta no boletim de ocorrência que diversas pessoas ligaram anonimamente à policia informando que dois militares estariam no local batendo em moradores e dando tiros para o alto. Com isso, a guarnição se deslocou ao bairro, mas não os localizou.

Ainda consta no documento que a guarnição foi até o alojamento da PM, onde encontrou um deles dormindo. Embaixo de seu travesseiro, os policiais localizaram revólver calibre 38 com seis munições deflagradas. No entanto, ele negou que a arma seria sua e não soube apontar quem seria o dono. O outro acusado foi encontrado em uma casa no bairro Rota do Sol. Ambos foram presos e autuados em flagrante.

A mulher, de 44 anos, foi baleada no rosto e pescoço, socorrida no Hospital Regional e submetida a cirurgia. Ela segue internada.

Fonte: Radio Sorriso FM

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}