Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019

Notícias

Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019 16:14

Delegado revela que investiga se pai da menina envenenada é cúmplice da esposa

pai da menina Mirella Poliana Chue de Oliveira, de Cuiabá, envenenada aos 11 anos, supostamente pela madrasta, também é investigado pela Polícia Civil. A madrasta foi presa nesta manhã (9). O pai não.

Se confirmadas as suspeitas de que ele tenha participação no crime, pode responder por homicídio qualificado. Um dos delegados responsáveis pelo caso, Wagner Bassi, mantém o nome do homem em sigilo. A madrasta foi identificada como Jaira Gonçalves de Arruda, 45.

Segundo Bassi, Jaira é quem “mandava” em casa. O marido não podia se intrometer. “Tanto que ele a defende. Diz que não acredita que ela tenha feito isso. Assim como ela afirma que não fez”, detalha o delegado que, depois, completa: "a princípio só ela foi presa. Ele continua sendo investigado e no mínimo pode responder por omissão”.

menina envenenada

Mirella Poliana e, no destaque, a madrasta

Histórico

A menina, após a morte da mãe no parto, foi criada pelos avós paternos. Mas, um deles morreu em 2017 e o outro no início de 2018.

Desde então, ela foi morar com o pai e a madrasta. “Por coincidência, 2018 foi o ano em que o dinheiro foi liberado”, ressalta o delegado.

A trama

O delegado Bassi conta que tudo começou com a menina sendo impedida pela madrasta de visitar e receber os familiares tanto maternos quanto paternos.

Em seguida, ela começou a passar mal, devido ao envenenamento silencioso, e foi hospitalizada nove vezes, em dois meses, até morrer em junho deste ano.

Laudo pericial confirmou que o pesticida que a matou é o altamente tóxico carbofurano, de venda proibida no Brasil.

Fonte: RDNEWS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}