Terça-Feira, 31 de Março de 2020

Notícias

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020 12:19

Luz na Infância VI

Homem é preso em flagrante com arquivos de sexo envolvendo menores

Policiais civis apreenderam notebook contendo as imagens e encaminharam para perícia

Acusado de pedofilia é preso em flagrante, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá), durante cumprimento de mandado de busca e apreensão da operação Luz na Infância VI, deflagrada hoje em 12 estados brasileiros e mais 4 países. Os policiais civis apreenderam um aparelho de notebook, contendo arquivos com imagens de pornográfica envolvendo menores.

Todo material apreendido foi encaminhado para perícia técnica. Já o suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia de Sorriso, interrogado e autuado pelos crimes previstos da lei do Estatuto da Criança e Adolescente, sendo posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Conforme o delegado da Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia (Gecat), Eduardo Botelho, as diligências continuam e outros dois mandados de buscas devem ainda ser cumpridos pela Polícia Civil na cidade de Cuiabá, até o mês de março.

A operação cumpre 112 mandados de busca e apreensão no combate à pornografia infantil e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

A operação está sendo coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e envolve ainda as agências de aplicação da lei da Colômbia, dos Estados Unidos, do Paraguai e do Panamá.

Os policiais civis cumprem mandados judiciais de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes em endereços ligados aos investigados nos estados: Alagoas, Acre, Ceará, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e Santa Catarina.

No Brasil, a pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de 1 a 4 anos de prisão, de 3 a 6 anos pelo compartilhamento e de 4 a 8 anos de prisão pela produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual. (Com informações da Agência Estado)

Fonte: REPORTER MT

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}