Terça-Feira, 31 de Março de 2020

Notícias

Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019 16:42

Mãe que adotou duas crianças elogia eficiência da justiça nos casos de adoções

“Em menos de três meses o nosso processo de adoção foi sentenciado e uma angústia que durava quase dois anos (com a guarda provisória) foi, enfim, encerrada. A sensibilidade do juiz e da equipe em verdadeiramente priorizar, com eficiência e carinho, os processos de adoção, abraçando o futuro dos meus filhos e de tantas outras crianças na mesma situação, realmente nos tocou.” Com essas palavras, Tainah Maria Diogo Oliveira Becker avaliou a atuação dos integrantes da Vara Especializada da Infância e Juventude de Sinop, em manifestação encaminhada via Ouvidoria, ao Tribunal de Justiça.

Ela registrou formalmente elogio ao juiz Jacob Sauer e a equipe da secretaria e gabinete. “Aguardamos um ano na fila do cadastro até a chegada dos nossos dois filhos. Nesse ínterim, o doutor Jacob chegou na comarca e assumiu a Vara da Infância, ocasião em que o processo de destituição do poder familiar foi logo sentenciado e pudemos, finalmente, ajuizar o nosso processo de adoção”, explicou Tainah, mãe de dois meninos, um de quatro e outro de cinco anos.

Tainah explica que o magistrado resolveu tudo rapidamente depois de quase dois anos só com a guarda provisória. “O judiciário tem um papel fundamental em transformar vidas e, no nosso caso, nos trouxe alívio, segurança e dignidade, enquanto família que somos. Obrigada de coração, doutor Jacob e equipe, tenham sempre muito orgulho do excelente trabalho que vocês prestam!”, afirmou Tainah, que adotou as duas crianças com o marido, Marciel Becker. “É uma equipe nota 10, desde a secretaria até o gabinete. O pessoal da assistência social e os psicólogos de Sinop que acompanharam o nosso processo também são incríveis”, complementou, na mensagem encaminhada ao judiciáril.

Para o juiz Jacob Sauer o reconhecimento é motivador. “A gente tem um empenho muito grande em processos de adoção, de destituição de poder familiar, para que tramitem com celeridade e a situação da criança possa ser resolvida no menor prazo possível. Então, quando a parte faz um elogio, é muito bem recebido. Quando uma pessoa se dá ao trabalho de acionar a Ouvidoria para fazer um elogio, certamente, nós ficamos extremamente satisfeitos”, pontuou.

O magistrado destacou que fez uma reunião para transmitir os votos de elogio a todos os servidores envolvidos, a fim de que se sintam estimulados a continuar prestando um bom trabalho. Junto com o juiz Jacob, trabalham na Vara (gabinete e secretaria) oito pessoas, entre servidores e estagiários.

A informação é da assessoria do Tribunal de Justiça.

Fonte: so noticias

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}