Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020

Notícias

Quinta-Feira, 26 de Dezembro de 2019 07:33

Menina de 13 anos fica grávida do primo após ser estuprada por 1 ano

Autor: Jk Notícias
Um homem, nome e idade não revelados, foi preso no município de Sorriso (400 km da Capital) acusado de abusar sexualmente e engravidar uma adolescente, nome e idade não revelados, foi preso no município de Sorriso (400 km da Capital) acusado de abusar sexualmente e engravidar uma menina de 13 anos. Os estupros aconteceram pelo período de um ano, enquanto a menor morou na casa da tia, que é sogra do acusado, no município. A mãe da adolescente denunciou o crime à polícia e ainda relatou vários traumas que os abusos causaram à menor, que está grávida de sete meses, que segundo a vítima, por causa dos estupros. Devido à gravidade dos fatos relatados pela mãe da vítima e garantia da integridade física delas, o delegado André Ribeiro representou pela prisão preventiva do acusado, que foi decretada pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Sorriso, Anderson Candiotto. O mandado de prisão contra o pedófilo foi cumprido no início da tarde dessa segunda-feira (23). De acordo com a mãe da vítima, a menor foi morar com a tia para ajudá-la a cuidar da avó, que havia sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e ficado com sequelas que prejudicaram a locomoção. Durante esse período, a adolescente foi abusada sexualmente e ameaçada pelo genro da tia e por esse motivo nunca contou sobre os estupros sofridos. Ao voltar para casa da família, a menina, devido aos traumas provocados pelos abusos do primo, ficou revoltada, rebelde, com isso, também criou desprezo pelo pai, o qual brigava constantemente. Devido aos problemas psicólogos, até o momento sem explicações, a mãe da menor procurou o Conselho Tutelar e Assistência Social, na tentativa de entender o motivo de seu comportamento agressivo. Foi neste momento que foi descoberta a gravidez e os abusos sexuais. A mãe da menor, devido ao relacionamento insustentável com a adolescente dentro de casa, onde há ameaças de morte entre os irmãos por causa dos maus-tratos da filha com o pai, chegou ao ponto de querer abandoná-la em um abrigo com a intenção de que a menina ganhe o bebê em paz. A Delegacia de Polícia Civil de Sorriso investiga o caso.

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}