Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020

Notícias

Sábado, 14 de Setembro de 2019 08:34

Morre no Rio de Janeiro médica que foi baleada por policial em posto de saúde no Nortão

A médica Valeria Lemelle Xavie (foto), de 53 anos, morreu vítima de um infarto, esta manhã, no Rio de Janeiro, onde estava morando recentemente. O sepultamento do corpo dela está previsto para ocorrer neste sábado à tarde, no cemitério São Francisco, no município de Barra Mansa (RJ). As informações foram confirmadas pela irmã dela, Telma Lemelle Xavier, ao Só Notícias.

Valeria teve diversas complicações de saúde, precisou ser submetida a cirurgias na coluna, passou por uma depressão profunda e perdeu um dos pulmões após ser atingida por um tiro efetuado pelo ex-policial militar Lourival de Oliveira, de 50 anos, dentro da Unidade de Saúde da Família (PSF), no bairro Santa Maria, em Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop), no dia 6 de setembro de 2012.

De acordo com o processo, a médica teria se recusado a fornecer um atestado médico ao policial que chegou na unidade alegando que havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e, por isso, acabou faltando ao trabalho. O militar ainda teria ameaçado a profissional caso não fornecesse o documento, e efetuo o disparo com um revólver calibre 38, no momento que ela tentou pegar o celular para denunciá-lo.

Lourival foi condenação a 10 anos e 5 meses de prisão, em novembro do ano passado. Na época, Valeria Lemelle disse, em entrevista, ao Só Notícias, que a sua vida havia sido destruída e mesmo com a condenação do ex-militar não iria recuperará os danos causados.

“A minha vida não será consertada de novo. Ele destruiu a minha vida. Eu perdi o contato com minha filha por não ter mais condições de mantê-la, meu pai infartou por não suportar essa situação. Além disso, entrei em depressão. Nada vai limpar essa sujeira, mas pelo menos vai pagar com alguma coisa”, disse

Fonte: so noticias

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}