Sábado, 11 de Julho de 2020

Notícias

Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019 14:29

Polícia investiga homem que aparece em vídeo agredindo meninas de 17 e 13 anos em SC

Ele é parente das vítimas. Homem já tem boletim de ocorrência registrado contra ele por violência doméstica. Caso ocorreu em Indaial

A Polícia Civil está investigando um caso de tortura em Indaial, no Vale do Itajaí. Em um vídeo, um homem de 47 anos aparece agredindo duas meninas, de 17 e 13 anos. Ele é padrasto e pai delas, respectivamente. O homem já tem um boletim de ocorrência registrado contra ele por violência doméstica.

O inquérito policial foi aberto na terça-feira (26). A polícia ficou sabendo do caso porque o vídeo foi parar nas redes sociais. Após receber a filmagem, a mãe das crianças também apresentou o material aos policiais.

Nas imagens, o homem aparece espancando as vítimas enquanto a outra filha dele, de 11 anos, é obrigada a gravar as agressões. As meninas foram ouvidas por uma psicóloga e disseram que a violência teria ocorrido porque o pai não aceitou a gravidez da enteada, que já tem um filho, um bebê que também aparece no vídeo no colo dela enquanto leva tapas no rosto.

O agressor se apresentou na delegacia de Indaial nesta quarta (27), mas preferiu permanecer em silêncio. Pai e mãe tinham a guarda compartilhada das filhas. O boletim de ocorrência contra ele foi registrado em 2014 por violência doméstica contra a ex-esposa, mãe das meninas. Agora ele pode responder também por crime de tortura e lesão corporal.

Fonte: G1

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}